Assista ao Vídeo Manifesto dos Indigos - Os Visionários do Caminho





Vídeo Institucional da Escola de Criatividade do Instituto
Mensageiros do Amanhecer






Uma aula numa Oficina da ESCOLA DE CRIATIVIDADE da Casa Índigo

sábado, 5 de julho de 2014

A EDUCAÇÃO HOLISTICA É POSSIVEL? O que é Desenvolvimento Integral do Ser na Educação?


http://4.bp.blogspot.com/_qL5vkECx0iM/S7NWgEOCC4I/AAAAAAAAAW4/GYFbxj_TErw/s1600/Integral.jpeg

O que significa desenvolvimento integral, harmônico e holístico no marco da educação de hoje e de amanhã? Por que é imprescindível implementá-lo para as crianças e jovens de hoje? Por que também é vital para os adultos?

É uma revolução extraordinária que toma a educação em suas diversas formas cujo resultado pode ser também uma revolução extraordinária de nossa sociedade e planeta.


Porquê INTEGRAL?


Como fronteira destes cadernos pedagógicos, entendemos por integral, uma educação ou um sistema de crescimento pessoal e grupal que implique, entenda e atenda de maneira harmônica e integrada os diferentes âmbitos: o desenvolvimento físico, emocional, cognitivo, ecológico, estético-criador, intuitivo, espiritual, social, multicultural e ético-solidário. A educação é como a saúde, é preventiva e integral.


Conhecer a si mesmo


“O desenvolvimento integral do Ser na educação, aponta Daniel Pacheco, terapeuta, o poder conseguir nos meninos, meninas, adolescentes e jovens um descobrimento de todas as áreas de sua vida. Isso envolve não somente aprender as matérias intelectuais, como também desenvolver o lado físico, emocional e espiritual. E quanto à matérias intelectuais, que Sejas de verdade cognitivas. Poder investigar, descobrir e encontrar a si mesmo (Eureka!); não aprender de memória. Um desenvolvimento verdadeiramente integral é uma dinâmica incessante, onde uma coisa leva a outra. Por exemplo, uma técnica emocional induz a buscar uma técnica mental, e assim sucessivamente. E isso nos incita também a equilibrar-nos fisicamente. Tudo está ligado.

Integral é a interação entre as diferentes disciplinas orientada a um bem comum, que aponta o desenvolvimento da Pessoa como tal, não como um número ou um aluno a mais. Conseguir que a pessoa encontre sua própria identidade, que é única e maravilhosa, implica uma educação personalizada, com muito respeito as diferenças, a maneira de ser, sentir, pensar e viver de cada um. De muito respeito ao processo de cada um, envolvendo pelo menos, as quatro principias áreas do ser humano: físico, emocional, mental e espiritual.

Isso é o desenvolvimento integral: é viver conscientemente e de maneira equilibrada, todos os aspectos da nossa vida, desde o mais físico até o mais espiritual. Senão, estaremos defasados. Todos estes aspectos estão conectados uns com os outros”. (Pacheco, 2009:cp).


Conhecer meu entorno


Alem de conhecer a si mesmo, a educação integral implica conhecer (há que conhecer para poder respeitar), alem de tudo os abanicos científicos e tecnológicos de nossa época, nosso meio ecológico, social e multicultural. Ecológico par poder viver em harmonia com nosso planeta Terra, com respeito, sem destruí-la. Social e Multicultural, para poder co-construir uma sociedade de paz, fraternidade e harmonia.


Contribuir com o mundo


Assim, temos que poder prestar nossa contribuição ao mundo com nossos talentos (cada um tem dons importantes e únicos), cumprindo com nosso Propósito de Vida e desenvolvendo plenamente nossa criatividade, para o qual ingressam duas áreas fundamentais a desenvolver a partir do âmbito escolar e do caseiro desde a tenra idade: a área estético-criadora e a área ética-solidária. 


A parte intuitiva


Uma parte para incluir também ao desenvolvimento integral é a área intuitiva, chamada Inteligência Intuitiva ou Energética (ver cap. Treze Inteligências, p:134ss, do livro Pedagooogia3000). Trata-se de conhecer e poder perceber tanto o meu meio interior como exterior a partir da intuição e dos diferentes níveis de energias sutis. Sua importância está relacionada a aprender a reconhecer e manejar estas energias ao entrar no Terceiro Milênio. Esta área ainda é incipiente no âmbito escolar, mas poderia no futuro tornar-se uma matéria por si só. No momento a idéia é aprender e capacitar-nos (Esta área esta descrita no caderno #8, o Desenvolvimento Intuitivo Integral). É uma matéria tão ampla que será objeto de uma série adicional de cadernos.


Desenvolvimento pessoal dos professores


Finalmente, a educação integral requer também do trabalho pessoal e crescimento interior dos adultos que acompanham aos estudantes, quer dizer, principalmente dos professores e dos pais.

“Neste caso é importante que os professores tenham um caminho percorrido, isso quer dizer que eles mesmos tenham experimentado e vivido este processo integral. Senão, dificilmente poderão apoiar dito processo em outras pessoas. Pelo menos parcialmente, e o resto se aprenderá na marcha, junto com as crianças”, especifica Daniel Pacheco.


O Desenvolvimento Holístico


É basicamente o mesmo que o desenvolvimento integral. Há países em que a palavra holística, não é comum, muito menos aplicado à educação. Como disse Rubén Nanclares da Colômbia: “Holístico é uma palavra mais pura e antiga; seu significado é que se potencie a capacidade de criar no ser humano, que a educação humanize de verdade, sirva para viver na realidade de cada um dos contextos e desenvolva as subjetividades de cada um. Lembrando que tudo está ligado”.

Que se diga integral o que se diz holístico (que na verdade soa melhor), ou que se inventem outras palavras, o que importa afinal, é ir mais além da teoria e das idéias, e passar à instrumentalização das mesmas e que realmente se leve a cabo em todos os âmbitos da educação, do desenvolvimento pessoal e da vida. Quer dizer, tu e eu, eles e elas que estamos lendo estes cadernos, que já o estão aplicando de uma maneira ou de outra, que o vivem diariamente com seus alunos e filhos, que o experimentam consigo mesmo como na Vida, são os que avançam, com erros, avanços, retrocessos (aparentes), com pura intuição ou com muitos estudos, ou com os dois, com a prática, impulsionados pela imperiosa necessidade de mudança dos tempos atuais.


Educaçao tradicional do século passado
Educação integral ou holística
Resultados da educação integral
Era só intelectual (em sua maior parte)
Todas as áreas de desenvolvimento são atendidas
Estudantes equilibrados, saudáveis. Gozam de boa saúde
Era uniforme, se dava o mesmo.
Personalizado com respeito ao processo de cada um
Estudantes plenos e com uma boa auto-estima
Não buscava a plenitude e o bem estar do estudante
Busca a plenitude e bem estar do estudante
Estudantes conscientes de seu propósito de vida
Repetia um modelo predeterminado
Busca a transformação pessoal e social
Estudantes criativos
Não se importava se a matéria ensinada era útil ou não ao estudante e a sociedade
Se preocupa que a matéria ensinada seja útil ao estudante e a sociedade (presente e futura)
Estudantes motivados e formados como cidadãos conscientes e ativos
Não criava consciência ambiental
Busca o equilíbrio ecológico do planeta
Estudantes com consciência ambiental
Era individualista e de algum modo egoísta
Tem consciência dos demais, das diferentes culturas, da união planetária
Estudantes que propensos a Cultura de Paz
Tabela comparativa da educação tradicional do século passado e da educação integral ou holística




Fonte: http://www.pedagooogia3000.info/html/cpedagooogicos.htm




Nenhum comentário:

Postar um comentário